=====BEM-VINDO=====

Este blog é totalmente dedicado a contemplar Jesus, por isso colecciono imagens que retiro da net e coloco para quem quiser contemplar e repousar um pouco no ombro de Jesus nosso Pai.
Tal como os cordeiros de volta do seu dono assim devemos seguir Jesus.
Espero que se sintam bem e que deixem este espaço mais renovados em espírito.
Abraço

Manuela

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008



Oração do Abandono




Meu Pai,


Eu me abandono a Ti,


Faz de mim o que quiseres.


O que fizeres de mim,


Eu Te agradeço.


Estou pronto para tudo, aceito tudo.


Desde que a Tua vontade se faça em mim


E em tudo o que Tu criastes,


Nada mais quero, meu Deus.


Nas Tuas mãos entrego a minha vida.


Eu Te a dou, meu Deus,


Com todo o amor do meu coração,


Porque Te amo


E é para mim uma necessidade de amor dar-me,


Entregar-me nas Tuas mãos sem medida


Com uma confiança infinita


Porque Tu és... Meu Pai!




(Charles de Foucauld)

domingo, 27 de janeiro de 2008

GLÓRIA AO PAI E AO FILHO E AO ESPÍRITO SANTO
GLÓRIA AO PAI E AO FILHO E AO ESPÍRITO SANTO
GLÓRIA AO PAI E AO FILHO E AO ESPÍRITO SANTO
Jesus está triste, os seus olhos estão inchados de tanto chorar por nós.
Os nossos corações estão cada vez mais secos e ocos.
Cada vez estamos mais ambiciosos, mais violentos.
Famílias que estão cada vez mais afastadas.
Filhos que odeiam Pais, Pais que odeiam Filhos.
Maltratamos a Natureza.
Matamos cada vez mais.
Para quê?
Olhai os Lírios do Campo, não há flor mais bela, contudo é a mais simples.
Olhai os Pássaros do céu, não têem roupas, contudo o Pai os veste das mais belas plumas.








(para melhor ouvir desligue o mp3 player ao lado)

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008




"E TU QUEM DIZES QUE EU SOU??"





sábado, 19 de janeiro de 2008




No princípio existia o Verbo;

o Verbo estava em Deus; e o Verbo era Deus.

No princípio Ele estava em Deus. Por Ele é que tudo começou a existir; e sem Ele nada veio à existência. Nele é que estava a Vida de tudo o que veio a existir.

E a Vida era a Luz dos homens. A Luz brilhou nas trevas, mas as trevas não a receberam.

Apareceu um homem, enviado por Deus, que se chamava João. Este vinha como testemunha, para dar testemunho da Luz e todos crerem por meio dele. Ele não era a Luz, mas vinha para dar testemunho da Luz.

O Verbo era a Luz verdadeira, que, ao vir ao mundo, a todo o homem ilumina.

Ele estava no mundo e por Ele o mundo veio à existência, mas o mundo não o reconheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.

Mas, a quantos o receberam, aos que nele crêem, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus.

Estes não nasceram de laços de sangue, nem de um impulso da carne, nem da vontade de um homem, mas sim de Deus.E o Verbo fez-se homem e veio habitar connosco.

E nós contemplámos a sua glória, a glória que possui como Filho Unigénito do Pai, cheio de graça e de verdade.João deu testemunho dele ao clamar: «Este era aquele de quem eu disse:

'O que vem depois de mim passou-me à frente, porque existia antes de mim.'»

Sim, todos nós participamos da sua plenitude, recebendo graças sobre graças.

É que a Lei foi dada por Moisés, mas a graça e a verdade vieram-nos por Jesus Cristo.

A Deus jamais alguém o viu.

O Filho Unigénito, que é Deus e está no seio do Pai, foi Ele quem o deu a conhecer.

(Evangelho segundo S. João 1,1-18)

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008




Parábolas de Jesus


Remendo Novo em Roupa Velha­.


Vinho Novo em Odres Velhos

(Mt 9 : 16-17)

Certo dia, os zeladores da lei mosaica incrimi­naram Jesus e seus discípulos pelo fato de não je­juarem em dia prescrito pelas usanças da Sinago­ga. E o Mestre lhes replicou por meio de uma pará­bola corriqueiramente genial, dizendo:


"Ninguém põe remendo novo em roupa velha, porque o remendo de pano novo, contraindo-se, arrancaria parte da roupa velha, e ficaria pior o rasgão".


Esta parábola, como a do fermento, é, certa­mente, uma reminiscência de Nazaré, onde Jesus passou a sua juventude. Não se usa um pedaço de tecido cru, ainda não lavado, para consertar um rasgão em roupa velha, já pruída pelo uso, porque o pano novo encolheria depois, alargan­do o rasgão da roupa velha. Para consertar roupa velha convém usar pano velho.


A mensagem de Jesus é algo como veste nova, ao passo que as tradições da Sinagoga, que mandam jejuar em tal e tal dia do calendário vi­gente, são roupa velha: ele e seus discípulos jejua­rão, certamente, não por motivos externos de tra­dições humanas, mas por algum impulso interno.


E, para reforçar esta mesma idéia, Jesus acrescenta outra comparação,
que lembra o bazar de algum negociante de vinhos, em um dos becos da cidadezinha de Nazaré:


"Ninguém deita vinho novo em odres velhos, porque o vinho novo (fermentando) rompe os odres velhos, e perdem-se tanto os odres como o vinho; vinho novo se deita em odres novos".


O vinho novo da mensagem do Cristo não cabe nos odres velhos dos costumes da Sinagoga, mas deve criar seus veículos próprios.
Um homem genial pode recorrer a compara­ções triviais, sem medo de amesquinhar sua genia­lidade - ao passo que um homem de talento me­díocre deve evitar meticulosamente comparações vulgares, a fim de não se desacreditar.
Até hoje, é costume no Oriente Médio guardar e transportar vinho e outros líquidos em odres feitos de pele de animal.


(texto retirado da net)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008






Fonte De Agua Viva
Aquele que tem sede
e busca Beber da água que Cristo dá
Terá dentro de si uma fonte

Que jamais acabará
Fonte de água viva é o Senhor
Minha água é o Consolador
Espírito de vida e louvor

Preciso dele
Tu és o Espírito de amor
O meu guia e Consolador
Enche-me do fogo do Senhor
Preciso de ti

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008




JESUS TU ÉS A FONTE DE ÁGUA VIVA!!


terça-feira, 8 de janeiro de 2008



"E Jesus vendo a multidão subiu num monte, e sentando-se, aproximaram-se dele os discípulos.
E abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo:
Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus.
Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.
Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.
Bem-aventurados os que tem fome e sede de Justiça, porque serão fartos.
Bem-aventurados os misericordiosos, porque encontrarão a Misericórdia.
Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a face e Deus.
Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da Justiça, porque deles é o Reino dos Céus.
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem, perseguirem e mentirem, dizendo todo mal contra vós por minha causa.
Exultai e alegrai-vos, porque é grande vosso galardão nos céus, porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós."

Mateus 5, 1-12













JESUS É SEMPRE O MESMO, ONTEM, HOJE E PARA SEMPRE.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

sábado, 5 de janeiro de 2008












quinta-feira, 3 de janeiro de 2008